In Memoriam: André Rollin, um pioneiro em Geossintéticos

André RollinO setor de geossintéticos perdeu neste ano um dos seus primeiros entusiastas, o engenheiro André Rollin, M.Sc.A., Ph.D., FEIC, FCSME (1941-2017). André faleceu em 13 de agosto no Vaudreuil-Soulanges Palliative Care Home depois de uma longa batalha contra a doença.

A longa e ativa carreira de André caracterizou-se por um constante interesse no crescimento – do uso de geossintéticos, da transferência de tecnologia, do conhecimento de cada indivíduo como forma de expandir o impacto benéfico de nossos esforços coletivos.

Ele foi pioneiro em pesquisas e aplicações em geomembranas. Ele ajudou muito a avançar o interesse e a compreensão da localização de vazamento elétrico para sistemas de barreira geossintética. Ele perseguiu projetos e padronização com PVC, PEAD, PEBD e outras formulações de geomembranas, nunca deixando qualquer material específico ditar a direção de seu trabalho; em vez disso, ele deixa as especificidades do projeto (ambiente, orçamento, etc) determinar a melhor abordagem.

Muitos dos seus conceitos de engenharia com geomembranas foram compilados no texto “Geomembranes: um guia de escolha”, que ele foi co-autor junto de Patrick Pierson e Stéphane Lambert.

O doutor Ian D. Peggs, PE, P.Eng, cuja carreira e contribuições para geossintéticos (por exemplo, localização de vazamento elétrico) incluíram inúmeras parcerias com André Rollin em pesquisa e trabalho de campo, ficou, como muitos dos colegas da área, triste pela notícia da perda.

“Com a passagem de André Rollin”, escreveu o Dr. Peggs, “os geossintéticos perderam um dos seus pioneiros”. Seu trabalho de pesquisa e desenvolvimento de padrões foi incansavelmente perseguido. Ele foi um modelo a seguir para os outros e sentiremos muito sua falta”.

SOBRE ANDRÉ ROLLIN

Lagoa de 1 milhão de metros quadrados revestida com geomembrana de PVC

Lagoa de 1 milhão de metros quadrados revestida com geomembrana de PVC e pronta para ser preenchida com salmoura. Esta instalação maciça ocorreu no deserto do Atacama no Chile. Foto de André Rollin

Sua crença em melhorar a nós mesmos através do trabalho árduo e da partilha de informações foi sublinhada em uma entrevista de 2004 realizada pelo editor da Geosynthetica, Chris Kelsey, que na época trabalhava na revista GFR. André ressaltou:

[Precisamos] aumentar a orientação nas empresas de consultoria e agências governamentais. Na minha experiência, ou os engenheiros seniores aceitam responsabilidades de gerenciamento de projetos ou se mudam para outras empresas; deixando assim os engenheiros juniores para selecionar forros para uma aplicação sem que o engenheiro sênior tenha transmitido seus conhecimentos sobre geossintéticos ou a importância da análise e seleção adequada de geomembranas para a construção. Como resultado, a seleção da geomembrana é muitas vezes associada a adequação de uma experiência passada (o que pode ser pouco). Isso ignora a necessidade de levar em conta a disponibilidade de muitos outros tipos de produtos … que poderiam oferecer as características desejadas para o desempenho seguro e funcional. Em suma, é necessária mais educação. Os engenheiros devem compartilhar conhecimento.

Além disso, no lado técnico, os profissionais de pesquisa e desenvolvimento devem oferecer orientação para os membros da família dos geossintéticos e compartilhar esforços educacionais com eles.

Talvez o melhor exemplo dessa orientação tenha sido fornecido por André Rollin e Hira Ahuja em seus escritos de 1998 sobre “Manter a Competência Profissional”. Suas palavras finais, que caracterizam a visão de Rollin do impacto benéfico que todos podemos ter, permanecem tão importantes hoje:

Você deve se manter e aprimorar sua competência em seu campo de especialização. … Coletivamente, podemos aumentar a estima do público pela profissão de engenharia, mantendo nossos conhecimentos e habilidades atualizados. Aprendizagem feliz ao longo da vida.

O Geosynthetica e a comunidade geossintética exprime suas mais profundas condolências para a esposa de André, Pierrette McCaughan, seus três filhos e o restante de sua família. Ele fará falta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *