Presidente da ABMS fala sobre como calcular riscos em barragens em evento

André Assis (ABMS) calcular riscos em barragens ABMS, BarragensO Comitê Brasileiro de Barragens (CBDB) promove esta semana em Porto Alegre (RS) o a quarta edição do Simpósio sobre Segurança de Barragens e Riscos Associados, que acontece no Blue Tree Towers Millenium na quinta e na sexta-feira (26 e 27). O evento, que ganhou ainda mais importância com a ruptura da barragem da Samarco, em Mariana (MG), reúne alguns dos principais especialistas em construção e segurança de barragens.

O presidente da ABMS, André Assis, fala na quinta-feira (27) sobre como calcular riscos em barragens. Representantes do CBDB, consultores e membros da área acadêmica vão tratar de temas vitais para a segurança de barragens. As inscrições estão esgotadas. O evento será gravado e disponibilizado no site do CBDB.

Programação

26 novembro

Do Tema I: A Regulamentação e Fiscalização sobre Segurança de Barragens no Brasil e no Mundo

  • 09h – 09h30 – A Regulamentação e Fiscalização sobre Segurança de Barragens no Mundo
    • Fábio De Gennaro Castro, CBDB – Vice-Presidente do CBDB – Såo Paulo
  • 09h30 – 10h – Desafios na Regulamentação sobre Segurança de Barragens no Brasil
    • Carlosenrique Medeiros, CBDB – Diretor Técnico do CBDB – Bahia
  • 10h – 10h30 – Diferenças nas Regulamentações pelos Diversos Agentes (ANA / ANEEL / DNPM) e Implementações de Fiscalização sobre Segurança de Barragens no Brasil
    • Luiz Paniago Neves, DNPM – Departamento Nacional de Produção Mineral – Brasília
  • 10h30 – 11h – Coffee Break
  • 11h – 11h30 – Agência Nacional de Águas (ANA)
    • Rodrigo Flecha, Fernanda Laus de Aquino e Josimar Oliveira, gerente de Regulação de Serviços e Segurança de Barragens – Brasília
  • 11h30 – 12h – Aneel (Agencia Nacional de Energia Elétrica)
    • Wellington Santos Andrade, Aneel, Especialista em Regulação – SFG  Brasília
  • 12h – 12h30 – Debates – Coordenador Fábio De Gennaro Castro, Vice Presidente CBDB

Do Tema II: A Importância do Monitoramento na Redução do Risco

  • 13h30 – 14h – A Importância da Inspeção Visual e Instrumentação na Detecção e Diagnóstico de Problemas
    • Teresa Cristina Fusaro, Fusaro Engenharia e Consultoria Ltda – Minas Gerais
  • 14h – 14h30 – Modernização e Reinstrumentação de Barragens
    • João Francisco Alves Silveira, SBB Engenharia Ltda. – São Paulo
  • 14h30 – 15h – A Automação da Instrumentação pode Contribuir para a Redução de Riscos?
    • Selmo Shapira Kuperman, DESEK Consultoria e Engenharia Ltda. – São Paulo
  • 15h – 15h30 – Coffee Break
  • 15h30 – 16h – Novas Técnicas de Detecção de Infiltração em Barragens de Terra
    • Ruben José Ramos Cardia, RJC Engenharia Ltda. – São Paulo
  • 16h – 16h30 – A Instrumentação de Barragens de Concreto Afetadas pela RAA
    • José Marques Filho, COPEL, UFP – Paraná
  • 16h30 – 18h – Debates – Coordenadora Teresa Cristina Fusaro, Fusaro Engenharia Consultoria Ltda.

27 novembro

Do Tema III: Análise de Riscos Aplicadas a Barragens, Critérios e Decisões Subsequentes

  • 08h30 – 09h – Panorama Mundial da Análise de Riscos Aplicadas às Barragens
    • Joaquim Pimenta de Ávila, Pimenta de Ávila Consultoria Ltda. – Minas Gerais
  • 09h – 09h30 – Métodos de Análise de Riscos em Barragens
    • Terezinha de Jesus Espósito, UFMG – Coordenadora do Curso de Especialização em Geotecnia Ambiental – Minas Gerais
  • 09h30 – 10h30 – Análises de Risco Probabilísticas Aplicadas a Barragens
    • André Pacheco de Assis, ABMS – Associação Brasileira de Mecânica dos Solos,Presidente
  • 10h30 – 11h – Coffee Break
  • 11h– 12h – Debates – Coordenador Ricardo Aguiar Magalhães, CBDB – Diretor de Comunicações
  • 12h – 13h – Almoço

Do Tema IV: Principais Riscos Associados a Barragens

  • 13h – 13h20 – Riscos Estruturais
    • José Bernardino Botelho, VLB Engenharia Ltda. – Minas Gerais
  • 13h20 – 13h40 – Riscos hidrológicos e hidráulicos
    • Diego David Batista de Souza, Engevix – SC
  • 13h40 – 14h – Riscos Geológicos e Geotécnicos
    • Cássio Baumgratz Viotti, CBDB – Minas Gerais
  • 14h – 14h20 – Recuperação de Barragens em Risco
    • Eduardo Azambuja, Azambuja Engenharia e Geotecnia Ltda. – Rio Grande do Sul
  • 14h20– 15h – Debates – Coordenador Cássio Baumgratz Viotti, CBDB
  • 15h – 15h30 – Coffee Break

Do Tema V: Políticas de Formação de Profissionais em Segurança de Barragens

  • 15h30 – 16h – O Papel do CBDB na Formação de Profissionais e Implementação das Atividades sobre Segurança de Barragens
    • Brasil Pinheiro Machado, CBDB, Presidente
  • 16h – 16h45 – Desafios na Formação de Profissionais em Segurança de Barragens: Treinamentos Específicos e Cursos de Especialização, Mestrado e Doutorado
    • José Marques Filho, COPEL, UFP ; IDD – Paraná
  • 16h45– 17h30 – Debates – Coordenador José Marques Filho, COPEL, UFP; IDD
  • 17h30 – Encerramento