Cobramseg 2018 confirma novos palestrantes e agenda de minicursos

Entre 28 de agosto e 1 de setembro deste ano, a cidade de Salvador recebe o Cobramseg 2018. Trata-se do maior congresso de engenharia geotécnica do Brasil. Além do XIX Cobramseg, a capital baiana sediará o VIII Simpósio Brasileiro de Mecânica das Rochas, o IX Congresso Luso Brasileiro de Geotecnia, o V Simposio Panamericano de Deslizamientos e o VIII Simpósio de Engenheiros Geotécnicos Jovens (Geojovem). O número de resumos inscritos já é o maior da história – 1.600 no total. A expectativa é que sejam publicados cerca de 1.000 trabalhos. O evento tem novos palestrantes confirmados e a agenda de minicursos já está definida.

Imagens aéreas de Salvador – Roteiro da FIFA – Fotos: Robson Mnendes / AGECOM

O Geojovem, que recebeu a submissão de cerca de 300 artigos, já tem confirmada a mesa-redonda Lições do Passado e Perspectivas da Engenharia Geotécnica. Waldemar Hachich, professor titular da Escola Politécnica da USP e ex-presidente da ABMS, Luís Edmundo Campos, professor titular da Universidade Federal da Bahia e presidente do CREA-BA, e Carlos Emmanuel Lautenschlager, professor adjunto efetivo da Universidade Estadual de Ponta Grossa, estarão presentes na sessão.

A tradicional Victor de Mello Lecture, que faz parte do Congresso Luso Brasileiro, será ministrada por Norbert Morgenstern, engenheiro civil e professor da Universidade de Alberta, Canadá. O tema da palestra será Geotechnical Risk, Regulation and Public Policy.

Já a Conferência Pacheco Silva será proferida por André Assis, ex-presidente da ABMS e professor titular do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília, respeitado internacionalmente. Assis vai abordar tendências e desafios em gestão de riscos.

Eduardo Alonso, professor de Engenharia Geotécnica na Escola de Engenharia Civil da UPC – Universidade Politécnica da Catalunha – estará presente no Simposio Panamericano de Deslizamientos, proferindo a palestra Triggering and motion of landslides.

Para o Congresso Luso Brasileiro de Geotecnia (CLBG), já estão confirmadas as presenças dos portugueses José Ilídio, responsável pela Área de Segurança de Estruturas da EDP – empresa produtora e distribuidora de energia em Portugal, e Laura Caldeira, investigadora-coordenadora e diretora do Departamento de Geotecnia do LNEC – Laboratório Nacional de Engenharia Civil de Portugal.

Além destes, Eraldo Pastore, professor adjunto da Universidade de Brasília, estará presente tratando de fundações de barragens. Carlos Henrique Medeiros, presidente do Comitê Brasileiro de Barragens (CBDB) também estará no CLBG, abordando o tema segurança de barragens.

Nick Barton, desenvolvedor do Sistema Q de classificação de maciços rochosos, vai falar sobre mecânica das rochas. Mauricio Sales, secretário geral da ABMS e professor associado da Universidade Federal de Goiás, vai abordar fundações de edifícios altos. Edgard Odebrecht, professor titular da Universidade do Estado de Santa Catarina, trará aos participantes o tema ensaios para fundações.

O Cobramseg 2018 terá ainda uma sessão sobre Geotecnia Ambiental, formada apenas por mulheres. Já estão confirmadas as palestrantes Stela Fucale, professora associada da Universidade de Pernambuco, Maria Eugênia Boscov, professora titular da Universidade de São Paulo, e Maria das Graças Gardoni, professora associada da Universidade Federal de Minas Gerais.

Minicursos – A agenda dos tradicionais minicursos que antecedem a abertura dos eventos já está confirmada. Ao todo serão 11 minicursos.

Nelson Aoki, engenheiro e professor aposentado da Escola de Engenharia de São Carlos da USP, vai ministrar curso sobre aplicação de métodos probabilísticos em fundações. Ennio Palmeira, professor titular da UnB, vai falar sobre reforço de aterros sobre solos moles com geossintéticos. Fernando Danziger, professor titular da COPPE-UFRJ e Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, será o responsável pelo tema ensaios de campo e suas aplicações. Francisco Chagas da Silva Filho, professor associado da Universidade Federal do Ceará, vai abordar Mecânica dos Solos Não Saturados: aplicação a problemas de engenharia geotécnica. O canadense Thamer Yacoub, PhD em Engenharia Civil pela Universidade de Toronto, vai falar sobre 3D and 2D Slope Stability Analysis. Aplicação da Geotecnia Ambiental em Interação com o Ambiente será o tema de Maria Claudia Barbosa, professora associada da COPPE-UFRJ.

Leonardo De Bona Becker, professor associado da Escola Politécnica da UFRJ e chefe do laboratório de Mecânica dos Solos, e Maurício Ehrlich, consultor em Engenharia Geotécnica e responsável pelo desenvolvimento de mais de 300 projetos para órgãos e empresas públicas e privadas, irão ministrar o minicurso sobre Muros e taludes de solos reforçados: Projeto e construção. Murray Fredlund, fundador da SoilVision Systems, e Marina Naim Brock Trevizolli, especialista em estabilização de encostas e modelagem numérica, dividirão a responsabilidade pelo minicurso Hazard assessment for 2D/3D slope stability analysis considering atmospheric conditions.

O minicurso Projeto de contenções com estacas pranchas metálicas será ministrado por João C. L. Martins, nascido em Luxemburgo, responsável pelo marketing do departamento de estacas-pranchas da ArcelorMittal em sua terra natal, e Lázaro Nardy de Magalhães, responsável pelo departamento técnico do Brasil da ArcelorMittal Projects Central & South América. O coordenador da linha de produção de equipamentos e responsável pela pesquisa e desenvolvimento da empresa Studio Prof. Marchetti, Diego Marchetti, vai abordar Flat dilatometer and seismic dilatometer. E Tarcísio Barreto Celestino, presidente da Associação Internacional de Túneis e do Espaço Subterrâneo, professor doutor do Departamento de Geotecnia da Escola de Engenharia de São Carlos, USP, e gerente de engenharia civil da Themag Engenharia, será o responsável pelo minicurso Túneis e maciços rochosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.