Diretoria da IGS Brasil é reeleita para o biênio 2017/19

IGS Brasil

Emerson Ananias, Maria das Graças Gardoni de Almeida, André Estêvão Silva, Victor Pimentel e Natália de Souza Correia

Foi reeleita em Assembleia Geral no final de junho a nova diretoria da IGS Brasil para o período de 2017 a 2019. O presidente André Estêvão Silva foi reconduzido ao cargo. “Quando nos apresentamos como candidatos ao pleito anterior (em 2015), apresentamos uma longa carta de intenções, carta está totalmente coerente com os objetivos centrais da associação. Hoje, fazendo um levantamento das ações realizadas, vemos com muita satisfação que o plano traçado foi integralmente cumprido”, ressalta o executivo.

Conheça quem são os reeleitos e quais os Comitês atribuídos aos diretores:

  • André Estêvão Silva – Presidente – Comitê de Planejamento e Comunicação
  • Maria das Graças Gardoni de Almeida – Vice-Presidente – Comitê de Ensino e Pesquisa
  • Victor Pimentel – Vice-Presidente – Comitê de Normas e Recomendações
  • Natália de Souza Correia – Secretária Geral – Comitê de Representantes Regionais
  • Emerson Ananias – Tesoureiro – Comitê de Patrocinadores

Conheça algumas das principais realizações da gestão reeleita:

  • Realização de 8 Cursos Básicos de Geossintéticos em diferentes cidades e instituições, com participação de mais de 500 pessoas
  • Organização de 5 workshops técnicos ou cursos temáticos
  • Realização de 2 edições do encontro anual Geossintéticos em Pauta
  • Estabelecimento de 6 representantes regionais atuando em 4 regiões do Brasil.
  • Intercâmbio de informações membros e representantes da IGS e de outros chapters, especialmente os sul-americanos
  • A entidade trouxe, ao longo destes dois anos, 4 profissionais estrangeiros para diferentes atividades.
  • As reuniões mensais da CEE-175 da ABNT continuam e a produção de normas de interesse do setor permanece em ritmo acelerado. Atualmente o Brasil conta com quase 20 normas publicadas e outras mais em desenvolvimento
  • O grupo de trabalho de recomendações acaba de encaminhar a Recomendação IGSBr 005, finalizada e pronta para publicação (está sendo encaminhada para avaliação no âmbito da CEE-175).
  • Após a realização do Congresso Brasileiro de Geossintéticos 2015, foram iniciados os preparativos para o próximo congresso em 2019, pelo grupo de São Carlos
  • O próximo Congresso Pan-americano de Geossintéticos foi captado para ser organizado pela IGS Brasil em 2020
  • A IGS Brasil tem se mantido cada vez mais próxima de entidades afins, como a ABLP, a ABINT e a ABMS, realizando diversas atividades em cooperação
  • Realização do primeiro Educando Educadores (EE) no Brasil em julho de 2016 em Belo Horizonte, evento este que foi um enorme sucesso
  • Geossintéticos na Universidade: este projeto inclui o EE bem como outras atividades voltadas para a divulgação dos geossintéticos nas universidades brasileiras, em particular no âmbito dos cursos de graduação em engenharia civil e afins

Leia também:
IGS Brasil: Novo Conselho Deliberativo é eleito em assembleia