GeoAmericas 2016: Kerry Rowe é eleito membro da National Academy of Engineering

Kerry Rowe é eleito membro da National Academy of EngineeringO professor doutor Kerry Rowe foi eleito membro da National Academy of Engineering (NAE – Academia Nacional de Engenharia), nos Estados Unidos, na segunda-feira, 8,  por seus diversas e substanciais contribuições para pesquisa e ensino sobre sistemas de barreiras de contenção em seus mais de 30 anos de carreira. Ele será responsável por dar a training lecture sobre “Fatores que afetam o desempenho de GCLs em revestimento único ou compostos” no GeoAmericas 2016, que acontece de 10 a 13 de abril deste ano.

Atualmente, Rowe é professor e titular da cadeira de pesquisa do Canadá em Engenharia Geotécnica e Geo-ambiental na Queen’s University. Ele passou a maior parte de sua carreira na instituição e ajudou transformá-la em um centro de pesquisa mundialmente conhecido, especialmente no que diz respeito à geossintéticos.

É uma conquista de prestígio e merecida. Ele é um dos apenas 232 engenheiros de fora dos Estados Unidos que receberam esta honra desde que a organização foi criada em 1960. (Engenheiros norte-americanos respondem por 2.275 dos membros NAE). E, Rowe é um dos dois únicos canadenses homenageados pelo NAE para engenharia civil.

“Meu trabalho inicial foi em aterros e as pesquisas que temos feito tem afetado a regulamentação e a concepção de aterros em todo o mundo”, disse Rowe ao Queen’s Gazette, publicação da universidade que atua. “Este trabalho, realizado por uma equipe que inclui colegas e estudantes, fez a diferença e é isso que está sendo reconhecido pela minha eleição como membro estrangeiro da NAE; é o reconhecimento de toda a equipe”. Ele completou que sua eleição para a NAE foi uma dos maiores reconhecimentos de sua carreira profissional e classificou-a à altura de sua nomeação à membro da britânica Royal Society.

Nos últimos anos, a pesquisa sobre sistemas de barreira de Rowe tem oscilado consideravelmente para engenharia de minas e como os sistemas de barreira de geossintéticos podem agir ao longo do tempo e sob diversas condições (clima, fluidos para conter, exposição, solar, entre outros). O GeoEngineering Centre, uma joint venture entre a Queen’s University e o Royal Military College em Kingston, Ontário, destinou recursos  e conhecimentos para ajudar a avançar muitas destas iniciativas de investigação.

A cerimônia de entrega do prêmio da NAE será em Washington DC em outubro deste ano. Kerry Rowe se juntará outras figuras ilustres cuja contribuição para o setor de geossintéticos tiveram grande importância, como: Robert Koerner (1998), David Daniel (2000), Rudy Bonaparte (2007), Allen Marr (2008), JP Giroud (2009), e Craig Benson (2012).