Caso de obra: Uso de manta geossintética de cimento composto em valas em encostas íngremes

Image1Da Concrete Canvas – Em 2015, a manta geossintética de cimento composto (GCCM) da Concrete Canvas (CC) foi usada para revestir uma série de valas localizadas ao longo de uma estrada de ferro em Liberdade, Minas Gerais. Havia problemas graves de acesso uma vez que diversas valas foram cortadas em encostas íngremes em ambos os lados da estrada de ferro. Aplicar concreto foi considerado para a instalação, no entanto, isto teria exigido fechar a linha ferroviária que é longa e complexa, além do alto custo logístico. A ferrovia passa através da área de um Parque Nacional sob preservação ambiental (APP) o que significava que era vantajoso usar CC devido aos benefícios ambientais. O cliente foi a VLI, uma das maiores concessionárias ferroviárias privadas do Brasil, e o material foi fornecido pela SPI Engenharia e Representações.

Para preparar o local para a instalação, a vegetação foi removida e a vala graduada ao perfil. O lote de rolos de 8 mílimetros de espessura de CC (CC8™) foram entregues no local e transportado manualmente para as valas. Para as valas situadas mais acima na encosta, um sistema de corda e polia foi usado, assistido por uma pequena retroescavadeira. Os rolos portáteis foram colocados longitudinalmente, com comprimentos subsequentes sobrepondo o anterior em 100 milímetros. Cada camada foi fixada com estacas a cada 2 metros na aba da vala, e as sobreposições foram unidas com parafusos de 25 milímetros em intervalos 150 milímetros.

No total, 4 mil m² de CC8™ foram instalados com rendimento de até 300 metros por dia, através de 7 pessoas, durante a estação chuvosa e a temperaturas de até 35°C, sem a necessidade da posse da linha férrea. O cliente ficou muito impressionado com a rapidez e segurança da instalação, observando que esta foi a primeira instalação livre de incidentes que eles tiveram com este volume de infraestrutura de concreto.

Para conhecer mais acesse: www.concretecanvas.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.