Sanepar investe R$ 30 milhões em municípios do Sudoeste

Sanepar

Instalção de reservatório em Magueirinha (PR)

Os 17 municípios atendidos pela Sanepar na regional de Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, recebem investimentos que ultrapassam R$ 30 milhões, em obras e projetos de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e de esgoto sanitário e nas melhorias operacionais de 23 sistemas da região.

O maior volume de recursos aplicados em 2014 foi direcionado para os sistemas de abastecimento com água tratada da região. Os mais de R$ 19 milhões investidos nas obras de ampliação e manutenção das redes de distribuição, das estações de tratamento e nas unidades de produção de água deverão manter em 100% o índice de atendimento com água tratada para 249,5 mil paranaenses.

O gerente regional Aderbal Roncatto explica que esses investimentos refletem diretamente na qualidade de vida da população. “Os recursos aplicados em saneamento básico melhoram as condições ambientais e o índice de desenvolvimento humano das cidades e, ainda, ampliam a infraestrutura para o crescimento econômico dos municípios”, afirma.

Destaques – Entre as realizações destacam-se as ampliações feitas nos sistemas de abastecimento de Itapejara do Oeste, com a implantação de uma nova captação no Rio Lajeado Bonito e nova estação de tratamento. Em Mangueirinha, mais um reservatório para 500 mil litros de água, ampliou em 50% a capacidade de reservação do sistema.

Em Coronel Vivida, está sendo ampliada a Estação de Tratamento de Água e estão em construção mais dois reservatórios que, juntos, vão armazenar 1,2 milhão de litros de água. Chopinzinho também terá uma nova Estação de Tratamento de Água com capacidade para tratar 30 litros de água por segundo, barragem e captação no Rio Chopinzinho.

Em São Jorge do Oeste foi instalado, na área urbana, um reservatório que dobrou a capacidade de armazenagem de água tratada e está sendo interligado mais um poço no sistema. Já no distrito de Antônio Paranhos, a Sanepar está adequando a captação do Rio Chopim, instalando estações elevatórias de água, além de colocar em operação a captação em mais duas minas e readequar a estação de tratamento de água.

Esgoto Também – No setor de esgotamento sanitário nove cidades estão sendo contempladas com obras e projetos de ampliação e de implantação do sistema. O destaque fica com o município de Mariópolis, onde a empresa está investindo mais de R$ 6 milhões para que a cidade alcance 65% no índice de atendimento com a rede coletora de esgoto. Com a conclusão das obras, prevista para o final do próximo ano, 3 mil moradores terão acesso ao sistema de coleta e tratamento do esgoto.

Clevelândia, Chopinzinho, Coronel Vivida, Honório Serpa, Mangueirinha, Palmas e Pato Branco são as demais cidades que receberam obras de ampliação do sistema de esgoto. Para Saudade do Iguaçu está em fase de elaboração o projeto de engenharia e os projetos executivos para implantação do Sistema de Esgoto Sanitário. Para atender aos projetos nestas cidades foram necessários mais de R$ 11 milhões.