Simpósio de estruturas subterrâneas celebra os 25 anos do CBT

  • Simpósio de estruturas subterrâneas, CBT - ABMS
    Tarcísio Celestino, presidente do CBT abre o Simes

Após 10 anos, o Comitê Brasileiro de Tuneis (CBT) da Associação Brasileira de Mecânica de Solo e Engenharia Geotécnica (ABMS) volta a promover Simpósio Internacional de Impermeabilização de Estruturas Subterrâneas (Simes) nesta semana no Instituto de Engenharia de São Paulo. No primeiro dia, 1º de dezembro, coube ao presidente do CBT, Tarcísio Celestino, falar sobre a importância do evento de grande relevância internacional.

“O Simes reflete o prestígio de nossa área no exterior, pois neste ano contamos com diversos especialistas internacionais, e também o envolvimento do CBT no ITA (International Tunneling Association)”, explica Celestino, ressaltando que o evento também comemora os 25 anos do CBT.

A palestra que abriu o evento foi a do presidente da Novergian Tunneling Society, Eivind Grov, que falou sobre “Estado da Arte: Sobre Concreto Projetado”, seguida da palestra “O papel do concreto projetado na Impermeabilização de Túneis nos últimos 10 anos”, com Antonio Domingues Figueiredo, da Poli USP. Ainda de manhã, Celestino falou sobre “Consequências Estruturais das Soluções de Impermeabilização para túneis”.

Na parte da manhã, aconteceu também a abertura da exposição de empresas, que deram suporte ao evento. A Sansuy e a Soprema, fabricantes de geomembranas de PVC, e a VOS Obras e Serviços de Construção Civil estavam presentes no pavilhão. As geomembranas são cada vez mais protagonistas na impermeabilização e revestimento de tuneis no país. Devido a sua versatilidade de formulação, é possível obter diferentes materiais para aplicações específicas de impermeabilização de subsolos, reservatórios, lajes e coberturas, e tem aplicação em obras de infraestrutura como túneis, barragens, estações ferroviárias e de metrô.

Na parte da tarde, dois convidados internacionais abriram os trabalhos. Thomas Kothe, da Normet, falou sobre “Membranas Projetadas”, e Hartmut Claussen Steuer, da Mapei-UTT, abordou “MitholzTunnel & Crossrail Station – Soluções avançadas para impermeabilização”. Para fechar, no final da tarde, sete especialistas foram convidados a participar da mesa redonda sobre Ações Preventivas, abordando temas como Consórcio Linha 4 Sul, Histórico Metrô São Bento e República, Espaço Zero e da estação Jardim Oceânico, todos da Metrô da capital paulista.

Para mais informações sobre o evento acesse www.simes2015.com.br.